Tecer Comentários

– Ora direis, tecer comentários!

Certo, Perdeste o senso!

E eu vos direi, no entanto,
Que, para tecê-los, muita vez
sento ao tear , cheio de idéias e sentimentos.

E os teço longo tempo, enquanto
A Via Láctea, como um lençol aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Ainda os teço decerto.

Direis agora: – Tresloucado amigo!
Que comentários tece? Que sentido
tem o que dizem com os seus tecidos?

E eu vos direi: – Amei para tecê-los,
Pois só quem ama
É Capaz de tecer e de entretecer, até estrelas!

Autor: Olavo Bilac/René.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s